Um dos maiores benefícios de se alimentar adequadamente, de forma equilibrada e variada, é contribuir para uma melhor qualidade de vida agora e no futuro. Uma das formas de atingir esse objetivo é inserir alimentos de boa qualidade nutricional e que estejam de acordo com um sistema alimentar socialmente e ambientalmente sustentável, ou seja, priorizando no momento da aquisição, alimentos frescos, in natura ou minimamente processados, os quais devem ser provenientes, preferencialmente, de pequenos produtores ou produtores locais, feiras e pequenos comerciantes.

Os alimentos in natura, são aqueles obtidos diretamente de plantas ou de animais, que não sofrem qualquer alteração após deixar a natureza, como por exemplo, legumes, verduras, frutas e ovos. Já os minimamente processados, como as farinhas, macarrão, arroz, frutas e legumes embalados e fracionados, carnes frescas ou congeladas, leite pasteurizado, iogurtes, entre outros, passam por pequenas intervenções antes de chegarem aos consumidores, e não receberam nenhum outro ingrediente durante o processo (nada de sal, açúcar, óleos, gorduras ou aditivos). Essas intervenções aumentam a duração dos alimentos in natura, preservando-os e tornando-os apropriados para armazenamento, facilitando o preparo ou ainda a digestão, podendo também torná-los mais agradáveis ao paladar (moagem, fermentação).

Uma das vantagens de consumir os alimentos frescos, adquiridos nas feiras, por exemplo, como as frutas, legumes, castanhas, hortaliças e raízes, é contribuir para uma alimentação saudável, pois esses alimentos, são fontes, principalmente, de fibras, gorduras boas, vitaminas e minerais. A ingestão adequada de fibras, contribui para um bom funcionamento do intestino, para aumentar a saciedade, e também como a reduzir o risco de alguns tipos de câncer e infecções. Já as gorduras boas, vitamina E e o magnésio, proveniente principalmente das castanhas, auxiliam na proteção cardiovascular, no controle da pressão arterial e, também, na saúde dos neurônios. Vitaminas e minerais em destaque como as vitaminas A, C e do complexo B e zinco são fundamentais para o bom e correto funcionamento do sistema imunológico e para proteger nossas células do envelhecimento precoce (função antioxidante). Assim, o consumo variado desses alimentos, em quantidades adequadas, pode contribuir para o bom funcionamento do organismo.

Fazer da base da nossa alimentação os alimentos frescos, com melhores qualidades nutricionais, é o primeiro passo para uma vida mais saudável e ambientalmente sustentável. Aproveite para buscar esses alimentos nas feiras e fazer desse momento uma experiência em família.