O arroz é o cereal mais consumido no mundo e tem importante contribuição em grande parte das calorias diárias consumidas em metade do mundo, principalmente na América do Sul, Ásia e Índia. Ainda, pela facilidade de cultivo, atualmente é o segundo cereal mais produzido, já que sua produção está presente em todos os continentes, com exceção da Antártida. Seus diferentes tipos de grãos variam em tamanho, cor e sabor, como o arroz vermelho, o arroz preto, o selvagem e o tradicional integral, do qual se derivam outros tipos bastante conhecidos no Brasil:

 

A maneira de consumo mais comum no Brasil é o grão cozido acompanhado de feijão.  No entanto, um dos destaques do arroz é a sua facilidade em combinar com quase todo tipo de alimento como legumes, verduras, ovos, carnes, peixes, frutos do mar, aves, leguminosas (como lentilha e ervilha) e até sobremesas, como o arroz doce. Além disso, possui a versatilidade de poder ser consumido cozido e, também, ser transformado em bolinho, arroz de forno e risoto.

Ainda, atualmente, sua farinha tem sido bastante utilizada em pães, bolos, tortas e massas caseiras e industriais, contribuindo com o perfil nutricional e a textura destes alimentos.

 

Referências bibliográficas

  1. Associação Brasileira de Arroz Parboilizado. O arroz parboilizado e seus benefícios. Disponível em:

http://www.abiap.com.br/site-pt/content/espaco_consumidor/conteudo_saude.php?dica_id=148

  1. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica.  Guia alimentar para a população brasileira / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção. 2014
  2. Whole Grains Council. Disponível: http://wholegrainscouncil.org/