Os hábitos alimentares são adquiridos durante a vida toda, mas os primeiros anos representam um período muito importante para estabelecer hábitos alimentares saudáveis. Nessa fase é fundamental para o crescimento e o desenvolvimento da criança uma dieta adequada, para que o organismo receba a energia e os nutrientes necessários para executar suas funções.

Pensando nisso, trouxemos dicas para ajudar as crianças a se relacionarem melhor com alimentos saudáveis:

  • Coloque as crianças em contato com alimentos desde cedo, levando-as à feira ou pedindo sua ajuda na cozinha, por exemplo. Além de muito divertido, esse contato é fundamental para a criação de hábitos alimentares saudáveis no longo prazo;
  • Use a criatividade para decorar as refeições. Um bom exemplo é cortar os sanduíches em formatos criativos;
  • Evite fazer comentários negativos sobre os alimentos. As crianças seguem exemplos das pessoas que admiram, então se o pai comentar que não gosta de berinjela, por exemplo, é grande a chance do filho também não gostar;
  • Ofereça todos os tipos de alimentos para as crianças desde pequenas. São eles as fontes de proteínas: ovos, carnes, leite e derivados; fontes de carboidratos: pães, arroz, cereais e massas e fontes de vitaminas e minerais: verduras, frutas e legumes;
  • É importante variar as formas de apresentação dos pratos e oferecê-los às crianças diversas vezes;
  • Crie uma disciplina para as guloseimas. Só as ofereça esporadicamente.

Para inspirar, confira aqui uma receita decorada para crianças.

Fontes: I. Benton D. The influence of children’s diet on their cognition and behavior. Eur J Nutr. 2008, 47(3):25–37; II. Gupta N, Goel K, Shah Priyali, Misra A. Childhood Obesity in Developing Countries: Epidemiology, Determinants, and Prevention. Endocrine Reviews, February 2012, 33(1):48 –70; III. Ré AHN. Crescimento, maturação e desenvolvimento na infância e adolescência: Implicações para o esporte. Motri. 2011,  7(3): 55-67.