O Carnaval é uma festa popular celebrada há muitos séculos em vários países. Cada um deles tem tradições próprias, que foram mudando ao longo dos anos.

A mais famosa delas, o uso de fantasias, teve início nas festas promovidas pelos nobres franceses nas quais ir de máscara era obrigatório. Em pouco tempo, essas festas ficaram populares em toda a Europa e, depois, em todo o mundo.

Aqui no Brasil, o Carnaval começou com uma mistura da tradição portuguesa, em que pessoas jogavam nas outras coisas como água, ovos, tinta e farinha, com a tradição francesa. Dessa união surgiram as escolas de samba e as comemorações na rua.

Por volta de 1870, os foliões encontraram no uso de fantasias uma forma de deixar a comemoração mais divertida. Até 1930 elas eram simples, adaptadas ou ornadas de forma simples e sem muitos adereços. O luxo ficava por conta das escolas de samba, que contavam seus enredos através das fantasias.

Ao longo dos séculos, o Carnaval se transformou em um dos feriados mais importantes do país. Das festas de rua aos famosos desfiles das escolas de samba, cada canto do Brasil tem sua forma de celebrar a data.

As comemorações deste ano estão no fim, mas isso não é desculpa para descuidar da alimentação. Que tal uma opção que vai te dar energia para curtir os últimos dois dias de folia?

Fontes: I. Kerdna. História do carnaval. Disponível em: http://historia-do-carnaval.info/ Acesso em: 5/12/2015; II. BARROS, Jussara De. “Fantasias do Carnaval”; Brasil Escola. Disponível em http://brasilescola.uol.com.br/carnaval/fantasias.htm.  Acesso em 08 de janeiro de 2016.