Quando falamos sobre as vantagens de incluir mais frutas na alimentação, lembramos que elas também são excelentes opções durante a dieta!  Por isso, a nutricionista Ana Paula Avelino, da Nutrit, listou as melhores escolhas para quem está de olho na balança. Depois é só escolher sua favorita e incluir no cardápio!

Abacaxi: Além de ser rico em fibras, contém bromelina, uma enzima capaz de quebrar as proteínas dos alimentos. Dessa forma, funciona como um excelente digestivo. Como também é diurética, essa fruta evita a retenção de líquidos e ajuda a eliminar toxinas prejudiciais à saúde.

Banana: Fonte de potássio, a banana ajuda na prevenção de cãibras e é recomendada principalmente após a atividade física. Isso porque ela repõe a perda energética causada pelos exercícios.

Limão: É uma fruta rica em ácidos e em água, importante para acelerar o metabolismo e também o emagrecimento. Mas atenção: essas propriedades apenas são alcançadas se o limão for consumido pela manhã em jejum, e durante o dia em sucos ou para temperar a salada.

Maçã: Rica em vitamina C, pectina e fibras, substâncias importantes na regulação dos níveis de colesterol e também na saciedade à fome. É uma fruta de baixas calorias, com apenas 58 Kcal a cada 100 g.

Mamão: Também é fonte de fibras, o que auxilia no funcionamento do intestino. O mamão é rico em betacaroteno, uma substância que se transforma em vitamina A após a ingestão. Pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro descobriram que, sem essa vitamina, as células de gordura se multiplicam em quantidade e tamanho.

Manga: Conta com fibras, vitamina C, magnésio, zinco e pró-vitamina A. Todos juntos ajudam a manter o equilíbrio hídrico, e podem substituir bebidas isotônicas. Por ser uma fruta calórica, é importante tomar cuidado com grandes quantidades.

Melancia: Com cerca de 90% de água em sua composição, ela tem a função natural de hidratar o corpo, assim como inibir a fome. A boa notícia é que a melancia possui pouquíssimas calorias (33 Kcal para cada 100 g)! Ela ainda contribui para o bom funcionamento do intestino e contém uma boa dose de potássio, o que reduz inchaços causados por retenção de líquidos.

Melão: Possui apenas 25 calorias em cada porção de 100 g, sendo composto de 90% de água. Com tantos nutrientes, o melão é considerado um alimento funcional, devido ao seu alto poder antioxidante.

Pera: Essa fruta é bastante apreciada por conta do seu sabor suave e da quantidade de nutrientes. São eles: vitaminas A, B e C, sódio, potássio, fósforo e cálcio. Possui 60 Kcal a cada 100 g e é bastante utilizada em dietas, pois é facilmente absorvida pelo organismo.

Por Marina Oliveira