A cranberry é uma fruta pequena, arredondada e vermelha parecida com uma cereja e que quase não é encontrada no Brasil na sua forma in natura. Também é chamada por outros nomes, como oxicoco, arando-vermelho, mirtilo-vermelho ou até airela. É um fruto muito popular em países como Estados Unidos, Canadá e Chile (na região dos Andes). Mas você sabia que essa fruta tão pequena possui inúmeros benefícios para a sua saúde? Confira então os benefícios do Cranberry!

 

– Combater infecções: O cranberry possui uma substância chamada proantocianidina, um tipo de flavonoide que está presente em alta concentração no cranberry, muito mais alta do que em outros alimentos. Essa substância pode evitar que bactérias (principalmente do tipo E. coli) permaneçam na bexiga, contribuindo assim para o combate da infecção urinária.

 

– Fitoquímicos e antioxidantes: Além dos benefícios para o trato urinário, a cranberry é rica em diversos fitoquímicos importantes para saúde, como as antocianinas (que confere a cor vermelha ao cranberry). Alguns desses fitoquímicos atuam como antioxidantes, compostos que combatem os radicais livres que são nocivos ao corpo e que podem levar a doenças cardíacas ou outras doenças degenerativas, além de retardar o envelhecimento precoce. Além disso, o cranberry também pode contribuir com o equilíbrio das gorduras, pois pode reduzir o colesterol ruim (LDL), manter os níveis de colesterol bom (HDL) e ajudar a manter o coração mais saudável. A cranberry também é rica em vitamina C, que além de possuir capacidade antioxidante, como os fitoquímicos, desempenha um importante papel na síntese de colágeno.

 

Mas como consumir o cranberry e obter todos esses benefícios? Apesar de ter ganhado fama no Brasil, o cranberry não é fácil de se encontrar por aqui na sua forma in natura. Por isso, as formas mais comuns de consumo são através de sucos, em pó, ou através da fruta desidratada.

Pensando nisso, trouxemos uma nova forma de consumir essa fruta cheia de benefícios com o nosso novo pão Wickbold+ de fibras com cranberry! Que é fonte de fibras com sabor delicioso, macio e com um sabor inconfundível! Mais uma opção para o seu dia! Que tal experimentar?

 

Referências:

  • BENZIE, Iris FF; WACHTEL-GALOR, Sissi. Herbal medicine: biomolecular and clinical aspects. CRC press, 2011.
  • Cape Cod Cranberry Growers Asssociation. History. Disponível em:< https://www.cranberries.org/history> Acesso em: 16, mar 2020.
  • The cranberry institute. Helth research. Disponível em:<https://www.cranberryinstitute.org/cranberry-health-research> Acesso em: 16, mar 2020.
  • YANG, Bob; FOLEY, Steve. Female Urinary Tract Infections in Clinical Practice. Springer, 2020.