As férias escolares chegaram! Esse período de alegria da criançada pode trazer preocupações para os pais que estão de olho na alimentação dos filhos. Como evitar que a quebra na rotina prejudique o cardápio dos pequenos? Criar alternativas para não deixá-los fugir dos nutrientes saudáveis e nem deixar a diversão de lado pode ser mais fácil do que você imagina.

Quem nos ajudou a preparar esse roteiro foi a nutricionista Ana Fornari, da Camomila Consultoria em Nutrição. Para ela, a maior preocupação dos pais deve estar em supervisionar as mudanças na rotina da criança. É importante criar regras de horário para dormir e acordar, por exemplo. “As refeições devem ser fracionadas, fazendo com que ela coma mais vezes ao dia em menores quantidades”, indica. Uma sugestão prática e saudável é a oferta de frutas, leite ou iogurte pela manhã e a tarde.

Combine o cardápio antes do passeio

Quem ficou em casa nas férias e decidiu passear com os pequenos pode conversar com eles, combinando exatamente o que poderão comer. Dê opções para escolherem, mas coloque limites. Outro ponto importante é dar o exemplo, consumindo alimento saudáveis e evitando estocar biscoitos e salgadinhos em casa. Quanto maior a oferta, mais a criança vai pedir esse tipo de alimento.

E quem aproveitou as férias para viajar?

A nutricionista lembra que os pais costumam ter dificuldades para controlar o consumo de fast foods e guloseimas em viagens. Um planejamento do roteiro da família pode ajudar a evitar esses problemas. “O ideal é organizar a agenda para que os pequenos tenham tempo para uma refeição completa. Certifique que haverá tempo para o almoço, em um local com pratos preparados na hora”.

Os pais que escolheram a praia como destino devem estar atentos. Evite alimentos gordurosos, como pastéis salgados e fritos. Escolha itens como a água de coco, milho na espiga e picolés de frutas. Se possível, leve alimentos como: frutas higienizadas, sanduíches de queijo, sucos naturais, frutas desidratadas, legumes práticos (cenoura, pepino e tomates-cereja).

Agora sim, você está pronto para deixar seu filho curtir as férias sem abrir mão de uma alimentação saudável e balanceada!

Por Marina Oliveira