A linha Grão Sabor existe desde 1995 e um de seus grandes sucessos é a versão Castanha-do-Pará e Quinoa. A receita caiu tanto no gosto dos nossos consumidores que, em 2010, este pão consagrou-se como o integral mais vendido do Brasil em uma premiação! Descubra abaixo as infinitas propriedades nutricionais desta valiosa combinação que não pode faltar na sua mesa.

Castanha-do-Pará

Também conhecida como castanha-do-brasil, ela é a semente da castanheira-do-pará — típica da região norte e um dos principais produtos de exportação da Amazônia. Faz parte do grupo das oleaginosas e apresenta uma casca fina e marrom, com uma polpa branca muito saborosa. É rica em selênio, um antioxidante que melhora o humor e espanta o desânimo. Também tem alto teor de gorduras boas, como mono e poli-insaturadas, que combate as inflamações e previne doenças cardiovasculares. Com boa quantidade de fibras, é essencial para o bom funcionamento do intestino.

Quinoa

Apresenta, aproximadamente, o dobro de proteínas do arroz, da cevada e da aveia. Contribui com o consumo de fibras ao longo do dia, essenciais para a saúde do intestino. É fonte de nutrientes fundamentais para o funcionamento do corpo: fósforo e magnésio que participam da formação dos ossos, manganês que auxilia no funcionamento dos músculos e o zinco que é essencial para o sistema de defesa. Além disso, mantém a saciedade, melhora o índice glicêmico e reduz o colesterol. É de extrema importância para garantir o bom funcionamento da visão, pois contém vitamina A, e também ajuda na prevenção da Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI), que pode causar cegueira.

A Wick responde:

A Castanha-do-Pará pode engordar? Mito! Apesar de ser rica em gorduras e ter um valor calórico alto, quando consumida de forma adequada e nas quantidades indicadas para cada pessoa, ela não engorda. Pelo contrário, ajuda no processo de emagrecimento, além de fornecer nutrientes importantes ao corpo.
Além do pão Grão Sabor Castanha-do-Pará e Quinoa, existem outras formas de incluir na dieta? A castanha-do-pará pode acompanhar frutas, sucos, iogurtes, outras frutas secas ou lanches intermediários. A quinoa pode ser usada durante o preparo de sopas, saladas, panquecas, sucos e acompanhando frutas. Ela pode, inclusive, ser cozida e utilizada para substituir o arroz.
Qual a dosagem diária recomendada? O ideal é consumir três unidades da castanha por dia, sempre com orientação de um nutricionista. Já a quinoa, cerca de duas a três colheres por dia são suficientes. Lembrando que o consumo em exagero pode levar ao aumento de gorduras.

Por Thamyê Bloes