O momento das compras é muito importante e pode colaborar com uma alimentação saudável, variada e equilibrada, por isso, procure organizar seu carrinho. Veja algumas dicas!

Faça uma lista de compras. Pensando em todas as refeições que serão preparadas durante a semana, faça uma lista com os produtos e a quantidade que deverá levar. Isso evita o desperdício de alimentos e a compra de produtos desnecessários, muitas vezes ricos em calorias e gorduras;

Compre com equilíbrio. Leve em consideração os grupos de nutrientes que não podem faltar em uma compra no supermercado: alimentos ricos em carboidratos em sua forma integral (pães, torradas, arroz, massas); alimentos ricos em proteínas de boa qualidade (leites, queijos, iogurtes, carnes, ovos); as leguminosas (feijão carioca, feijão preto, feijão fradinho, lentilha, grão de bico, ervilha); alimentos ricos em vitaminas, minerais e fibras, como as frutas, as verduras e os legumes, de preferência os que estão na época;

Escolha alimentos com menor teor de gordura. Para as carnes, prefira os peixes, frango, patinho, lagarto, filé mignon e maminha. Para os leites e derivados, prefira as versões semi ou desnatadas, além dos queijos mais magros, como a ricota, o queijo minas, o cottage e a mussarela light;

Use e abuse dos temperos naturais! Procure levar: manjericão, hortelã, cheiro verde, alecrim, tomilho, coentro, canela, entre outros. Além de conceder um sabor especial às preparações, as ervas e os temperos apresentam benefícios nutricionais, como a ação antioxidante, auxiliando no combate aos radicais livres;

Fique atento aos rótulos. A melhor maneira de saber o que está levando pra casa é analisar a tabela nutricional e a lista de ingredientes de cada produto.

Evite colocar no carrinho grande quantidade de doces, salgadinhos e guloseimas. Também é importante controlar a quantidade de sal e óleo utilizados durante o mês.

Lembre-se sempre, uma boa compra é o início de uma boa alimentação!

Nossa wickdica especial: experimente levar pra casa o pão EstarBem Aveia e Linhaça Wickbold. Apenas duas fatias dele suprem aproximadamente 28% das necessidades diárias de fibras!

Fontes consultadas:

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Coordenação-Geral da Política de Alimentação e Nutrição. Guia alimentar para a população brasileira: promovendo a alimentação saudável. Brasília: Ministério da Saúde; 2006.