O inverno no Brasil é caracterizado por um clima seco e frio em algumas regiões, o que pode favorecer a propagação de doenças, principalmente as respiratórias, como resfriado, rinite e asma. Para proteger o corpo destas e outras doenças, é importante manter o bom funcionamento do sistema de defesa (sistema imunológico) formado por tipos variados de células que defendem o corpo de micro-organismos, como bactérias e vírus.

Um fator essencial para o funcionamento deste sistema são nutrientes que participam da formação e do funcionamento destas células. Veja abaixo quais são e onde estão presentes:

  • Vitamina A: presente em alimentos vermelhos e alaranjados. Por exemplo, uma colher de servir de cenoura crua fornece 88% da recomendação deste nutriente, já uma manga palmer fornece 72% e uma colher e meia de servir de batata doce cozida oferece 30%;
  • Vitamina C: diversos alimentos apresentam esta vitamina. Alguns exemplos que fornecem toda a quantidade recomendada para o dia são: 10 morangos, 2 carambolas, ½ goiaba, 8 fatias de pimentão ou 1 laranja;
  • Vitamina E: encontrada em sementes, castanhas e seus óleos. Um punhado de sementes de girassol fornece toda a necessidade diária desta vitamina, já 9 amêndoas fornecem 26% das recomendações;
  • Selênio: a principal fonte deste mineral é a castanha-do-Pará, já que apenas 4 unidades apresentam 100% das necessidades diárias. A farinha de trigo integral, a semente girassol, carnes e frango também contribuem com, ao menos, 1/3 das necessidades do dia;
  • Zinco: diversos alimentos contribuem com o consumo recomendado diário deste mineral, como um bife de contra-filé grelhado que fornece 70%, uma sobrecoxa de frango 31%, duas sardinhas assadas 26%, duas colheres de sopa de aveia 11% e uma colher de sopa de castanha de caju 8%.

Sendo assim, uma alimentação balanceada e colorida fornece nutrientes importantes para que o sistema imunológico desempenhe suas funções. Esta alimentação deve conter cereais integrais, castanhas, sementes, frutas, verduras, legumes, feijões, lácteos, carnes, peixes e óleos vegetais.

Alimente-se bem e deixe a gripe passar longe neste inverno!