O retorno das aulas traz novos desafios e aprendizados para os filhos, no entanto, os pais também devem se organizar para que essa rotina ocorra da melhor maneira possível. Entre as obrigações diárias está o preparo da lancheira das crianças. Veja algumas dicas para facilitar esse momento.

Saiba quais são os grupos de alimentos que não podem faltar na lancheira:

Grupo dos carboidratos: para dar energia e disposição às crianças, ofereça pães, inclusive os com formatos infantis, bolo simples preparados em casa, torradas ou um potinho com cereal matinal sem açúcar;

Grupo das proteínas: para auxiliar o crescimento e o desenvolvimento de seu filho e colaborar com o sistema de defesa do corpo, não se esqueça de oferecer fontes de proteínas, como os queijos, os iogurtes, o presunto e o frango;

Vitaminas e minerais: esses nutrientes não podem faltar no dia a dia dos pequenos. Procure oferecer uma fruta prática e fácil de carregar, como a banana, a pera, a maçã, a uva, o morango, a jabuticaba, o pêssego e a ameixa. Os legumes babys também são boas opções para as lancheiras;

Líquidos: além dos alimentos fundamentais, os líquidos também precisam estar presentes na lancheira. A garrafinha de água deve estar sempre a mão, para garantir a hidratação das crianças. A água de coco e os sucos de fruta também são opções saudáveis e saborosas!

Crie uma programação semanal

Sabendo os grupos alimentares que não podem faltar na lancheira, crie um cardápio para toda a semana, combinando os alimentos dos diferentes grupos. Esse hábito auxilia o momento da compra e evita possíveis repetições ao longo da semana.

Escolha alimentos práticos

Alimentos em embalagens individuais e que podem ser conservados por maior tempo são ideais para as lancheiras. Procure encaminhar os lanches em lancheiras térmicas. Ainda, procure deixar alguns itens da lancheira pré prontos, assim, fica mais fácil se organizar. Ofereça uma alimentação saudável, variada e balanceada a seu filho, todos os dias!

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Coordenação-Geral da Política de Alimentação e Nutrição. Guia alimentar para a população brasileira: promovendo a alimentação saudável. Brasília: Ministério da Saúde; 2006.

Sociedade Brasileira de Pediatria. Manual de orientação para a alimentação do lactente, do pré-escolar, do escolar, do adolescente e na escola/Sociedade Brasileira de Pediatria. Departamento de Nutrologia, 3ª. ed. Rio de Janeiro, RJ: SBP, 2012.