No dia 31 de agosto é comemorado o dia do nutricionista, data instituída para homenagear esse profissional de saúde tão fundamental para guiar e educar as pessoas para o caminho da alimentação saudável, prevenção de doenças e qualidade de vida. Um dos principais objetivos dos nutricionistas é auxiliar na busca de uma melhor qualidade de vida para população, por isso, para comemorar essa data, trouxemos alguns pontos importantes que podem contribuir para essa questão, confira a seguir:

 

Alimentação equilibrada: para isso, é importante que os alimentos in natura e minimamente processados sejam a base da alimentação, além de evitar os alimentos ultra processados, como os biscoitos recheados e refrigerantes. Para uma alimentação rica em nutrientes, é importante incluir todos os grupos alimentares a rotina diária: pães e cereais, raízes e tubérculos, leguminosas, castanhas e nozes, frutas, verduras e legumes, leite e derivados, carnes e ovos.

 

Hidratação: deve-se ter atenção ao consumo adequado de água, ela é essencial para o bom funcionamento do organismo. Para um consumo adequado recomenda-se a quantidade de 35 ml para cada quilo de peso.

 

Sono: além de ser primordial para o descanso físico, é durante o sono que o corpo se renova, processa memórias, reestabelece o equilíbrio psíquico e metabólico, por isso, o ideal é dormir, no mínimo, de 6 a 8 horas por noite.

Atividade física: colabora para a melhora de uma série de mecanismos corporais, por isso, a recomendação é de, pelo menos, 150 minutos de exercícios moderados por semana, esse exercício pode incluir: caminhadas, andar de bicicleta, musculação, dança, natação ou outro exercício que de prazer para que essa atividade seja contínua!

Nutricionista: é o profissional adequado para organizar a rotina alimentar e auxiliar a boa alimentação em todas as fases da vida: gestação, amamentação, infância, adolescência, fase adulta e terceira idade. Podem auxiliar com a alimentação para um melhor desempenho esportivo ou, ainda, em situações de alimentações especificas, como alergias alimentares, intolerâncias, patologias ou para vegetarianismo.

 

Com todas essas dicas de hábitos saudáveis, e o auxílio de um nutricionista é possível levar uma vida com cada vez mais saúde e equilíbrio!

 

Referência:

  1. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira – 2. ed. – Brasília: Ministério da Saúde, 2014.

 

  1. BRASIL, ILSI. Funções plenamente reconhecidas de nutrientes. 2014.

 

  1. BVSMS – Biblioteca Virtual do Ministério da Saúde. Alimentação saudável. Disponível em:<http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/alimentacao_saudavel.pdf>. Acesso em: 31. mar 2020.