Quem já passou dos 60 anos pode (e deve!) se manter ativo praticando exercícios. Além aliar uma alimentação saudável à rotina, é importante escolher bem o esporte para ganhar saúde e qualidade de vida sem perigos ou exageros. Mas quais são as recomendações para quem deseja sair do sofá e começar uma nova atividade?

“A prática de exercícios físicos ajuda na prevenção de doenças, além de melhorar o condicionamento físico geral, aumentando a disposição para as tarefas do dia a dia. É parte importante de um envelhecimento saudável”, explica Júlia Michelin, gerente de ginástica da academia Bio Ritmo.

Segundo o professor da academia Smart Fit, Rodrigo da Silva, os ganhos para a saúde são muitos. Entre eles, “mais firmeza nos movimentos primários – como andar, sentar e levantar, hábitos que com o passar dos anos se tornam mais difíceis. Os músculos fortes também auxiliam na prevenção de quedas e fraturas”.

Os dois especialistas dividem os membros dessa faixa etária em dois grupos: os sedentários e aqueles que já praticam esportes. Para quem está começando, Silva sugere o alongamento e a caminhada, praticados de duas a quatro vezes por semana – com 30 a 45 minutos de duração cada atividade.

“A musculação também é uma boa opção. Com o envelhecimento, perdemos grande quantidade de massas magra e óssea”, explica Júlia. Os pesos e repetições auxiliam no fortalecimento dos músculos e articulações, prevenindo doenças como a osteoporose, por exemplo. O professor da Smart Fit completa a lista com atividades de baixo impacto, como a hidroginástica e o ciclismo.

 

Para aqueles que chegaram aos 60 já praticantes de exercícios, a dica é continuar, pois o corpo já está adaptado e acostumado. Mesmo assim, o rendimento tende a diminuir. Isso porque perdemos força e músculos com o avanço da idade. A boa notícia é que, ao nos mantermos ativos, essa queda deve ser cada vez menor.

 

Os perigos do sedentarismo

O que não vale é ficar parado! De acordo com os dois especialistas, o sedentarismo pode ser muito perigoso depois dos 60. Doenças do coração, colesterol alto, hipertensão, diabetes, artroses, problemas de circulação, osteoporose e outras doenças podem ser evitadas com os exercícios aliados a uma dieta equilibrada.

 

Se animou e decidiu começar a praticar um esporte? Antes de sair para o parque ou academia, lembre-se de realizar os exames médicos necessários para saber se seu corpo está pronto para a aventura. Depois é só correr atrás dos benefícios!

 

Por Marina Oliveira