Qualquer condição ou situação que mantenha o corpo sob tensão é chamada de estresse. Para lidar com ele, o organismo utiliza um mecanismo que inunda o corpo de adrenalina e outros hormônios que aumentam a pressão sanguínea, aceleram o batimento cardíaco, contraem os músculos e deixam outros sistemas em estado de alerta. O estresse reduz a resistência imunológica, aumentando a vulnerabilidade a doenças.

Para que o organismo não tenha a necessidade de passar por todo esse processo desgastante, veja algumas dicas para evitar o estresse:

Respirar fundo

Algumas técnicas respiratórias corrigem desequilíbros nos sistemas de resposta ao estresse. Uma delas, chamada de respiração coerente, é uma boa opção para os momentos tensos. Faça cinco respirações por minuto, durante 10 minutos, com inspiração e expiração em tempos iguais. Se você conseguir encaixar essa técnica durante 20 minutos diários, seu organismo ficará mais resistente a eventuais picos de ansiedade.

Beber água

Beber cerca de 2 litros de água diariamente evita sintomas da desidratação como oscilações no humor, falta de energia, fadiga, dor de cabeça e dificuldade de concentração. Quando sentimos sede o nível de água já está bem baixo no nosso organismo, então não espere o alarme soar. Se mantenha hidratado durante todo o dia.

Praticar exercício

As pessoas que se exercitam são beneficiadas ao longo do dia. A prática de atividades físicas ajuda a prevenir tensões e aumenta a disposição para encarar a rotina. Pra quem não é fã, nem tudo está perdido. Uma atividade moderada, como caminhar, também gera benefícios se praticada de forma regular.

Relaxar antes de dormir

Antes de apagar a luz e dormir, tente desacelerar a mente por 10 minutos. Quando deitar na cama, mentalize um lugar calmo e respire devagar e profundamente. Essa técnica alivia o estresse e melhora a qualidade do sono.

Além dessas pequenas atitudes, manter uma alimentação saudável também é importante para manter o organismo equilibrado. Veja aqui dicas de alimentos que ajudam a evitar o estresse.

Fonte: MdeMulher e rg nutri.