Os carboidratos são a maior fonte de energia para o corpo e a mente se manterem em funcionamento. Respirar, pensar, andar, memorizar, correr, cozinhar, digerir os alimentos — todas essas atividades, entre tantas outras que realizamos ao longo do dia, precisam de energia para acontecer. Além disso, de acordo com especialistas em nutrição, o consumo adequado de carboidratos está associado ao melhor humor, atenção e memória.

Saiba mais sobre os carboidratos na tabela abaixo:

Tipo de carboidrato

Fontes alimentares

Características


Re
comendações e consumo

Amidos

Cereais como trigo, cevada, centeio, aveia e arroz, feijões, lentilha, ervilha, milho, batata e mandioca.

Estão presentes em alimentos que apresentam outros nutrientes importantes, como as vitaminas do complexo B (essenciais na geração de energia), selênio (importante antioxidante), zinco, (fundamental para o crescimento) e fibras (fundamentais para a boa saúde intestinal).

Por sua composição, esses alimentos são a base da alimentação. A recomendação é  consumir cereais integrais, pois estes contêm os nutrientes presentes naturalmente em cada parte do grão (arroz integral, trigo, aveia etc.).

Açúcares

Frutas, mel, açúcar, leite e derivados.

Por serem mais facilmente digeridos, são chamados de fonte rápida de energia. Assim, devem ser consumidos moderadamente para evitar picos de açúcar (glicose) e do hormônio responsável por quebrá-los (insulina) no sangue, que pode levar a consequências como aumento de peso e o desenvolvimento de diabetes.

Em casos de necessidade rápida de energia, como antes da atividade física;

Associados a outros nutrientes com o objetivo de diminuir a velocidade de digestão e facilitar a absorção de fibras, proteínas e gorduras boas, como iogurte ou castanhas, por exemplo.

Fibras

Alimentos de origem vegetal (cereais integrais, feijões, sementes, frutas, verduras e legumes).

Seu consumo regular está associado a melhor saúde e funcionamento do intestino (contribuem com a absorção dos nutrientes e promovem mais saciedade). Além disso, contribui com o equilíbrio das bactérias benéficas do intestino, o que auxilia na defesa do corpo.

A recomendação de 25 gramas diárias de fibras pode ser atingida com o consumo frequente desses alimentos.

 

Referências bibliográficas

  1. Food and Agriculture Organization of the United Nations. Carbohydrates in human nutrition. (FAO Food and Nutrition Paper – 66). Report of a Joint FAO/WHO Expert Consultation. 1997.
  2. American Diabetes Association. Types od carbohydrates. Disponível em: http://www.diabetes.org/food-and-fitness/food/what-can-i-eat/understanding-carbohydrates/types-of-carbohydrates.html?referrer=https://www.google.com.br/