O segredo de uma alimentação saudável é consumir todos os grupos de alimentos presentes na Pirâmide Alimentar Brasileira em quantidades adequadas. Por meio de uma dieta equilibrada é possível fornecer ao corpo energia para realizar suas funções diárias e ferramentas que ajudem no seu bom funcionamento, inclusive na prevenção de doenças.

A melhor forma de garantir todos os nutrientes importantes é dividi-los nas diversas refeições do dia. Confira abaixo quais são recomendados em cada momento:

Café da manhã

É uma das refeições mais importantes do dia, já que o corpo permaneceu em jejum durante muitas horas de sono. A composição ideal é uma fruta, um alimento fonte de carboidratos (pão, torrada ou cereais integrais) e um alimento fonte de proteínas lácteas (leite, queijos, coalhada ou iogurtes).

Almoço e jantar

Ao compor o prato nessas duas refeições, comece preenchendo a metade com verduras e legumes crus e cozidos como alface, rúcula, agrião, cenoura, tomate, pepino, beterraba, brócolis, couve ou abobrinha. Na outra metade, preencha ¼ com uma porção de proteína animal (carne de boi, de frango, de peixe ou ovos) e uma porção de proteína vegetal (feijão, grão-de-bico, soja ou lentilha) e complete o ¼ restante com alimentos ricos em carboidratos, de preferência em sua forma integral (arroz, massa, batata, mandioca ou farofa).

Lanches intermediários

Para os lanches entre as refeições principais é muito importante escolher alimentos saudáveis, que contribuam com o consumo de nutrientes essenciais à saúde e que sejam fonte de disposição ao longo do dia. Boas opções são: pães, torradas, cereais, cookies integrais, castanhas, iogurtes desnatados, leite desnatado, leite fermentado, queijos magros, frutas frescas ou frutas secas.

Manter uma alimentação correta não é tão difícil como você achava, não é mesmo? Seguindo as sugestões acima, você consome carboidratos, proteínas, vitaminas, minerais e fibras de forma equilibrada. Para as crianças não é diferente, elas também precisam consumir todos os nutrientes essenciais para crescerem com saúde.

Fontes: I. Programa Meu Prato Saudável. Disponível em: http://meupratosaudavel.com.br/como-montar-o-prato-saudavel/. Acesso em 19 de maio de 2015; II. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Coordenação-Geral da Política de Alimentação e Nutrição. Guia alimentar para a população brasileira: promovendo a alimentação saudável. Brasília: Ministério da Saúde; 2006.