Nós sempre ouvimos que a prática de atividades físicas de forma regular faz bem para a saúde. Mas você sabe por quê? Ela contribui para o bom funcionamento do coração, da circulação, da respiração e até dos hormônios. Além disso, os exercícios trazem bem-estar físico e mental e são um momento de diversão e relaxamento. Eles podem ser de dois tipos:

Aeróbicos

Utilizam carboidratos e gorduras como fonte de energia, e são realizados em determinado nível de intensidade, por um período contínuo. Entre os exercícios aeróbicos, é possível destacar: corridas, caminhada, natação e ciclismo, entre outros.

Anaeróbicos

São atividades de curta duração e de grande intensidade, como os saltos, as corridas de 100 metros, os arremessos de peso, a musculação e a ginástica localizada, que basicamente usam os carboidratos como fonte de energia.

Antes do seu início, de maneira geral, a prática de exercícios físicos requer o consumo de alimentos fonte de carboidratos (como pães, torradas, batata, tapioca), pois são as principais fontes de energia para o corpo. Após o treino, a recomendação é, além de carboidratos, consumir também alimentos fonte de proteínas (carne, frango, peixe, ovo, leite, queijos e iogurtes), que auxiliam na reconstrução dos músculos utilizados durante o exercício, e alimentos fonte de vitaminas e minerais (frutas, verduras e legumes), a fim de contribuir com o equilíbrio e o bom funcionamento do corpo. No entanto, a quantidade, o momento de consumo e o tipo de alimento deverão ser ajustados de acordo com o tipo de atividade física e as características individuais.

Estudos científicos confirmam que pessoas fisicamente ativas apresentam menor risco de desenvolver problemas mentais do que indivíduos sedentários, além de apresentar efeitos benéficos na prevenção e tratamento da pressão alta, da elevação do colesterol, da diabetes e da obesidade.

Deu vontade de gastar umas calorias? Não se esqueça de se alimentar antes de começar. Se você for se exercitar ao acordar, um café da manhã equilibrado faz toda a diferença.

Fontes: I. http://www.cdc.gov/physicalactivity/basics/pa-health/; II. http://www.eufic.org/article/en/expid/types-of-exercise/; III. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922006000200011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pthttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922006000200011; IV. http://www.scielo.br/pdf/rbme/v10n4/22048; V. http://www.scielo.br/pdf/csc/v15s2/a02v15s2.pdf; V. http://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=5070728.