A mãe é uma figura de extrema importância na vida dos filhos. E, quando o assunto é a educação dos pequenos, seu papel também é muito relevante. A pedagoga e terapeuta de família, Adriana Lima, lista alguns pontos de atenção que a mãe precisa ter em relação aos filhos, sejam eles crianças ou adolescentes:

  • Acompanhe e tenha interesse nas atividades diárias das crianças;
  • Saiba quais são as necessidades e vontades de cada filho;
  • Esteja por dentro do que acontece dentro e fora de casa;
  • Apoie e esteja pronta para intervir na hora certa;
  • Vá nas reuniões de escola sempre que puder;
  • Se seu filho tem babá, fique atenta à relação da criança com ela.

    PAPEL-MAE-EDUCACAO-DOS-FILHOS

O mais importante de tudo — e muitas vezes o mais difícil — é ter tempo de qualidade com seus filhos. Muitas mulheres trabalham fora de casa e têm mil coisas para resolver durante o dia, mas é importante que encontrem um tempo para dedicar somente às crianças.

Não vale esquecer do pai, figura tão importante quanto a mãe nessa construção. O casal nem sempre vai concordar com tudo, entretanto, quando o tema é a educação dos filhos, as falas do pai e da mãe precisam ter unidade. Se isso não acontece, a criança pode ser prejudicada. “Não posso proibir meu filho de dançar em cima da mesa se o pai permite. A criança fica confusa e isso é prejudicial a ela”, explica a terapeuta. Conversar, negociar e saber ceder são palavras-chave para que o casal encontre uma unidade familiar que favoreça a educação das crianças.

Educar é uma das tarefas mais difíceis — quem é pai e mãe sabe disso. “Vale repensar os caminhos tomados, permitir-se rever atitudes. Não existe uma certeza única. Se a mãe descobre que o caminho que ela escolheu não trouxe o resultado que ela esperava e precisava, deve estar aberta e atenta a novos caminhos, ser flexivel. Tudo isso, claro, sem abandonar suas crenças, princípios e o que ela acredita ser melhor para seus filhos”, completa Adriana.