É possível que você já saiba que a abóbora é um legume muito nutritivo e versátil. Afinal de contas, algumas espécies são muito conhecidas, como a moranga ou jerimum, cabotiá ou japonesa, paulista e de pescoço. Todas fazem parte de muitas receitas! Porém, além do importante valor nutricional das abóboras, você já prestou atenção nas sementes? Retiradas dos frutos maduros e postas para secar, elas também podem trazer muitos benefícios para a saúde.

Vantagens do consumo – A semente de abóbora é rica em gorduras boas – 72% do total de gorduras é mono e poli-insaturadas. Além disso, apenas uma porção de 30 g fornece mais de 50% das necessidades diárias de magnésio (importante para a saúde óssea), zinco (essencial ao sistema de defesa do corpo) e fósforo (que participa da contração dos músculos).

Ela também apresenta boa quantidade de vitaminas do complexo B, que geram energia para o corpo, evitando o cansaço. Também é rica em fibras, que são nutrientes importantes para o funcionamento correto do intestino. Para ajudar a garantir o descanso ideal, a semente de abóbora contém um aminoácido chamado triptofano, que auxilia a qualidade do sono.

Como acrescentá-la na alimentação? – Assim como a abóbora, as sementes costumam ser versáteis. Elas podem ser consumidas assadas, como aperitivos, em saladas e massas ou ainda no preparo de tortas e pães.

Se você ainda não conhecia a semente de abóbora, com essas dicas fica até mais fácil se interessar em incluir essa delícia em seu cardápio!