As crianças estão em constante crescimento e desenvolvimento físico e intelectual. Uma alimentação equilibrada é peça chave para isso ocorrer de forma adequada. Para ter todos os nutrientes necessários ao longo do dia, é fundamental fazer lanches intermediários entre as refeições principais (café da manhã, almoço e jantar).

É importante que os lanches tenham uma composição adequada que forneça energia para as atividades do dia a dia e que ajude no crescimento saudável das crianças. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, os lanches dos pequenos devem ser compostos da seguinte forma:

Hidratantes (líquidos): água, água de coco e sucos naturais sem adição de açúcar.

Alimentos construtores: fontes de proteína, como leite, queijo e iogurte, que também fornecem cálcio.

Alimentos fontes de vitaminas e minerais: frutas ou legumes, como cenourinha, tomatinho, banana, maçã e geleia sem açúcar.

Alimentos energéticos: fontes de carboidrato, de preferência integrais, como pães, biscoitos e bolos simples.

Além disso, estudos mostram que o hábito de realizar lanches ao longo do dia está relacionado com:

Maior controle e manutenção do peso corporal: crianças que consomem mais de três refeições por dia têm menor risco de desenvolver obesidade. Elas devem ser apropriadas para a idade, sexo e estado nutricional individual.

Melhor composição corporal: crianças que fazem lanches intermediários, em adição às refeições, em quantidade e qualidade adequados, apresentam menor estoque de gordura corporal, o que contribui para o funcionamento adequado do corpo.

Melhora da função cognitiva: com o consumo constante ao longo do dia, o cérebro mantém o seu estoque de energia, propiciando melhor atenção.

Socialização: a hora do lanche na escola é um momento de interação social e cultural entre as crianças.

Para ajudar no planejamento da lancheira, trouxemos duas dicas criativas:

Bisnaguinha com pasta de amendoim sem adição de açúcar ou requeijão + banana + iogurte;

Bisnaguinha com geleia caseira (cozinhar morangos, maçã ralada, suco de laranja e água até ganhar consistência) + uvas + leite fermentado.

A bisnaguinha é um pão muito versátil e se encaixa em vários momentos do dia. Saiba mais sobre ela.

Fontes: I. Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição. A hora do lanche – por que essa refeição é tão importante. Disponível em: http://sban.cloudpainel.com.br/source/Hora-do-Lanche.pdf  Acesso em: 5/12/2015; II. Sociedade Brasileira de Pediatria. Manual do lanche saudável / Virginia Resende Silva Weffort,  et al. – São Paulo: Sociedade Brasileira de Pediatria. Departamento Científico de Nutrologia, 2011; III. Receitas: https://www.wickbold.com.br/receita/hora-do-recreio/ e https://www.wickbold.com.br/receita/uma-lancheira-completa-e-saudavel-para-as-criancas/