Quando falamos de economia doméstica é fácil imaginar este trabalho sendo desempenhado pela secretária do lar ou da dona de casa, porém é um papel a ser executado por toda a família. Todos podem contribuir com um pedaço para que a vida de todos torne-se mais econômica e, consequentemente, prática. Se você tem crianças em casa, este é um ótimo começo para ajudá-las a entender que a residência demanda uma administração financeira saudável. Logo abaixo, selecionamos as principais dúvidas que envolvem o tema.

Importância de listar os itens necessário para a alimentação da família

Elaborar listas ajuda a entender melhor a necessidade de compra de alguns itens.  Para se concentrar no supermercado e, é claro, ficar atento as promoções. Sabe como administrar os pedidos da crianças?  Que tal separar uma pequena quantidade de dinheiro e estabelecer uma missão educativa,  para que a criança compre o que gosta com consciência. Contando com o seu auxílio, é claro!

Não tenha medo de falar de dinheiro!  

Organize listas de despesas do mês mostrando como o dinheiro se distribui para garantir o conforto da família. Entenda o peso que cada ítem possui no orçamento da casa e chame a família para participar do processo. No caso dos alimentos, uma dica útil de economia pode ser a feira. Além disso, pode ser um bom aprendizado, pois pode ser mais econômica na preparação da comida e também mais saudável.

Compre frutas da estação

Morangos são gostosos no verão? Sim, mas custam o dobro do preço e saem ainda mais caros por causa do risco de estragar. Aguarde o inverno para consumir esta fruta! Além das verduras e legumes da época que estão em abundância e mais baratas. Antes de ir ao mercado, confira a lista dos perecíveis da estação para manter uma alimentação saudável e balanceada.

Fonte: Ceagesp, economia uol