Mesmo contribuindo com uma dieta equilibrada e saudável para as crianças, em um determinado momento elas crescem e começam a fazer suas próprias escolhas alimentares. Essa é a temida adolescência, período em que os pais têm pouco controle da dieta dos filhos – o que torna difícil a tarefa de ajudá-los a consumir os melhores nutrientes.

O cardápio ideal para os adolescentes

Sabemos que essa missão é complicada – e, para te ajudar, conversamos com a endocrinologista Yolanda Schrank, do Bronstein Medicina Diagnóstica, e com a nutricionista Ana Paula Cruz, do CHN.

 

“O padrão alimentar dos jovens está muito abaixo do esperado, com substituição das refeições por lanches rápidos, excesso de frituras e alimentos calóricos”, explica a nutricionista. Por isso, é bom ficar atento e tentar equilibrar esta dieta com legumes, verduras, frutas, feijões, cereais, leite e carnes magras.

 

Parte da culpa deste cardápio nada saudável é o pouco tempo que os adolescentes passam dentro de casa: “Em caso de dificuldade de acesso a um local que ofereça algo nutritivo, uma saída interessante é trazer a refeição pronta, como os sanduíches naturais”, diz Yolanda.

 

Se esta opção é inviável, é bom ensinar ao seu filho algumas dicas para comer na rua: “Além de evitar alimentos ricos em açúcares e gorduras, é importante estar atento aos períodos de jejum – depois de muito tempo sem comer, o jovem tende a ingerir mais calorias do que deveria”, aponta a endocrinologista.

 

Para deixar tudo mais prático, pedimos a ajuda da nutricionista Ana Paula para criar um pequeno cardápio focado nos adolescentes. Confira:

 

Café da manhã:

– Vitaminas de frutas + pão com requeijão

– Leite com achocolatado + pão de forma com manteiga e queijo minas

– Leite com cereais

Outras opções: Iogurtes, frutas, barra de cereais e sanduíches naturais.

 

Almoço ou jantar:

– Salada verde + bife grelhado + arroz + feijão + suco

– Salada de cenoura e beterraba raladas com tomate + frango grelhado + abóbora sauté + arroz + feijão + suco ou frutas de sobremesa

– Salada de abobrinha em rodelas ao vinagre + filé de peixe grelhado + creme de milho + arroz + suco

– Salada de alface + ovos de codorna + tomates + nhoque a bolonhesa + suco + gelatina de sobremesa

 

Vale lembrar a importância do papel dos pais, que devem sempre orientar os filhos e dar o exemplo em casa. “Bons hábitos adquiridos nesta fase vão permitir a formação de um adulto saudável e equilibrado”, completa a endocrinologista.

 

Por Lucas Tavares