Dia 26 de janeiro é comemorado o Dia da Gula, data que alerta  para a alimentação compulsiva movida por questões emocionais. Tão velho quanto a gula na humanidade,  é a história do pão nosso de cada dia suprindo a fome há milhares de anos.

A fórmula à base de farinha de trigo e água, de forma achatada, surgiu no Egito há mais de 8 mil anos. Somente muito tempo depois, ficou evidente que adição de fermento a essa mistura formaria uma massa comestível e saborosa. Mais tarde, os gregos desenvolveram 70 receitas de pães que eram parte importante da alimentação da população.

Já no Brasil, o pão chegou com a família Real portuguesa no século 19. No formato de pão francês, foi adaptado com base na baguete francesa e ganhou especificidades e apelidos regionais como cacetinho, pão de sal e pão d’água.

Em 1928, com a revolução industrial, o americano Otto Rohwedeer criou a máquina de cortar o pão em fatias que, ainda hoje, é o tipo de pão mais consumido no mundo: o cortado e embalado.

Há 80 anos no Brasil, nós da Wickbold, temos o prazer e a satisfação de sermos especialistas em matéria de pão. Nossa linha é enriquecida com ingredientes nobres e saudáveis para dar aos nossos consumidores o  sabor de uma vida saudável.

Por Thamyê Bloes