Quando o assunto é a alimentação das crianças, sabemos que os pais são os responsáveis pelo primeiro exemplo na hora de incentivar hábitos saudáveis. Mesmo assim, não podemos nos esquecer da escola! Na sala de aula, é possível aprender mais sobre os ingredientes, além de incentivar a criação de hortas, por exemplo. Além disso, muitas cantinas já estão adotando opções diferentes no cardápio, e fugindo das tradicionais frituras e refrigerantes.

Quem nos conta como isso pode ser feito são as nutricionistas Bianca Soares Lodi e Glaucia Fagnani, do colégio Santo Ivo. As duas realizam palestras de conscientização para os alunos, onde eles aprendem mais sobre a alimentação saudável.

“A apresentação varia de acordo com a idade das crianças. Para os menores, utilizamos uma linguagem informal, com muitas ilustrações colorias, despertando o interesse ao tema. Já aos maiores levamos o assunto em uma conversa interativa e mais técnica”, destacam.

A horta também faz parte das tarefas das crianças no colégio, como forma de ensino e incentivo de bons hábitos alimentares. “As crianças se familiarizam com o ingrediente, querem saber mais sobre ele e sentem vontade de experimentá-lo”. As características, melhores formas de preparo e porções diárias para consumo também são discutidas.

“Há também um trabalho em conjunto com a cantina, dando preferência ao menu com alimentos assados e grelhados. O controle também é feito com as palestras, quando ensinamos aos alunos as melhores escolhas para a hora do lanche”, completam.

Você já se perguntou quais são as atitudes que a escola do seu filho toma em relação à alimentação dos alunos? Conte suas experiências nos comentários!

 

Por Marina Oliveira