O gengibre é uma raiz original do sudeste da Ásia, utilizada antigamente como erva medicinal. Atualmente, tem destaque na culinária pelo seu sabor característico e pela possível associação com a estimulação do metabolismo, que foi verificada como positiva quando consumida regularmente e associada à alimentação e atividade física adequadas.

Contém mais de 100 componentes, principalmente os gingeróis e shagóis, os quais apresentam estruturas que contribuem para as ações antioxidante, anti-inflamatória e também na prevenção de dor e fadiga muscular. A ANVISA reconhece a ação anti-enjoo dos gingeróis, principalmente em casos de cirurgias e gestação, e a recomendação média é de 2 gramas de gengibre em pó.

Gengibre combina super bem com refogados de frango, peixe e legumes, ralado em sopas, em molhos de saladas, massas de bolos e geleias. Também pode ser usado em sucos e chás refrescantes.

Confira alguns fatos e mitos sobre essa raiz:

  • O gengibre tem o poder de estimular o metabolismo?

Em parte, pois quando consumido regularmente e associado à alimentação e atividade física adequadas, a ação estimulante do gengibre foi verificada como positiva.

  • O gengibre contém mais de 100 componentes com ações benéficas para o corpo?

Sim, principalmente os gingerois e shagois, que têm estruturas que contribuem com ação antioxidante e anti-inflamatória.

  • Consumir essa raiz previne a dor e a fadiga muscular?

Mito. O gengibre pode auxiliar na prevenção dessas consequências da atividade física, mas somente quando associado à uma alimentação adequada e ainda em atividades físicas orientadas.

  • Consumir gengibre todos os dias auxilia na perda das gorduras indesejadas?

Mito. O gengibre pode somente fazer parte de uma alimentação com o objetivo da perda de peso, mas nao vai ser o responsável por isso, afinal de contas perdemos peso através do desequilíbrio entre o consumo e o gasto energético – o primeiro deve ser controlado e o segundo aumentado.

  • A ingestão de gengibre diariamente pode diminuir o enjoo da gestação e de cirurgias?

Sim, inclusive essa recomendação de que o consumo de gengibre (em média 2 gramas de gengibre em pó por dia) pode auxiliar no controle de enjôo, é da ANVISA.

O sabor marcante do gengibre combina super bem com refogados e cozidos de frango, peixe e legumes. Pode ainda ser utilizado para dar um toque especial nas sopas nesse frio, ou uma cara nova para molhos de saladas e massas, além de ser acrescentado em massas de bolos e geleias que vão deixar o seu café da manhã ou lanche da tarde mais saborosos. O gengibre também é uma ótima opção em líquidos, já que pode ser usado em sucos e chás refrescantes.

Referências bibliográficas

  1. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). INSTRUÇÃO NORMATIVA N° 02 DE 13 DE MAIO DE 2014. 2014. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/anvisa/2014/int0002_13_05_2014.pdf
  2. Kizhakkayil J, Sasikumar B. Characterization of ginger (Zingiber officinale Rosc.) germplasm based on volatile and non-volatile components. Afr. J. Biotechnol. 2012; 11(4): 777-786.
  3. Mansour MS, Ni YM, Roberts AL, Kelleman M, Roychoudhury A, St-Onge MP. Ginger consumption enhances the thermic effect of food and promotes feelings of satiety without affecting metabolic and hormonal parameters in overweight men: a pilot study. Metabolism. 2012 Oct;61(10):1347-52.