As crianças estão em uma fase da vida muito importante e por isso necessitam de uma alimentação adequada com o objetivo de promover saúde, crescimento e desenvolvimento e para que atinjam todo o seu potencial. Além disso, as crianças gastam muita energia ao longo do dia durante as atividades e brincadeiras, e essa energia também precisa ser reposta através dos alimentos. A alimentação possui um papel fundamental em todas as fases da vida, mas especialmente nos primeiros anos, pois esses são decisivos para o crescimento, desenvolvimento, formação de hábitos, manutenção da saúde, da vida e para um bem-estar de qualidade. 

Mas como deve ser a alimentação para as crianças? A alimentação ideal para as crianças deve ser colorida, variada (de todos os grupos alimentares), saborosa, segura (que quando consumida não causará danos à saúde) e que contenha todos os nutrientes essenciais para promover uma qualidade de vida adequada. Deve ter como base alimentos in natura ou minimamente processados (como arroz, feijão, frutas, legumes, verduras, carnes e ovos entre outros). 

Durante a infância, com o crescimento acelerado, alguns micronutrientes merecem atenção, são eles:

– Ferro: Atua principalmente na síntese (fabricação) das células vermelhas do sangue, seu consumo insuficiente pode levar a uma anemia ferropriva. Pode ser consumido através de carnes e feijões. 

– Zinco: Importante mineral para o sistema imunológico, que podem ser consumidos através de carnes e feijões. 

– Cálcio: Atua principalmente na formação de ossos e dentes, suas principais fontes são os leites e derivados e vegetais verde escuros. 

– Vitamina D: Também desempenha um importante papel mantendo o crescimento e mineralização normais dos ossos, pode ser obtida través da exposição solar

 

– Vitamina A: É antioxidante e uma importante vitamina para a saúde dos olhos. É encontrado em alimentos de cor amarela ou alaranjada e vegetais verde escuros

– Vitaminas do complexo B: importantes para geração de energia. São encontradas em grãos integrais, leguminosas e castanhas

– Fibras: Auxiliam no funcionamento do intestino. Podem ser consumidas principalmente em alimentos integrais. 

Mas nem sempre é fácil fazer com o que as crianças consumam alimentos mais saudáveis, então é importante lembrar que o modelo de alimentação saudável deve vir de casa e que os pais e cuidadores precisam apresentar os alimentos aos pequenos e incentivar os bons hábitos alimentares. 

Uma boa dica é preparar a refeição ou o lanche junto com as crianças! Então que tal preparar um lanchinho para a escola com a nova bisnaguinha integral Wickbold? Assim, o lanche pode ficar ainda mais saboroso, nutritivo e divertido. Além de possuir 10 vitaminas e minerais na sua receita, a bisnaguinha é fonte de fibras! Uma opção prática, gostosa e que vai deixá-los cheios de energia para as brincadeiras! 

 

 

Referências:

 

  1. Departamento de Atenção Básica, Secretaria de Atenção à Saúde, Ministério da Saúde. Dez passos para uma alimentação saudável: guia alimentar para crianças menores de dois anos. Um guia para o profissional da saúde na atenção básica. 2ª Ed. Brasília: Ministério da Saúde; 2013.

 

  1. Otten JJ, Hellwig JP, Meyers LD. Dietary Reference Intakes: The Essential Guide to Nutrient Requirements. Washington: National Academy of Sciences, 2006.

 

  1. UNICEF- United Nations Children’s Fund. Situação mundial da infância. 2019. Disponível em:<https://www.unicef.org/brazil/media/5566/file/Situacao_Mundial_da_Infancia_2019_ResumoExecutivo.pdf>. Acesso em: 17, mar 2020. 

 

  1. BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Guia alimentar para a população brasileira. Ministério da Saúde, 2014.

 

  1. BRASIL, ILSI. Funções plenamente reconhecidas de nutrientes. 2014.