Sofre com pressão alta? Então saiba que você não está sozinho. A hipertensão atinge cada vez mais pessoas no mundo, e é um problema que compromete sua saúde e bem-estar. Hoje já sabemos que essa doença se desenvolve como consequência a uma série de itens, como a dieta, o estilo de vida e a tendência genética. Controlar os fatores de risco se tornou essencial – e a alimentação saudável ganha importância nessa hora.

A conta é simples: Aumentando o consumo de alguns ingredientes e reduzindo outros, é possível auxiliar o controle da pressão arterial, prevenindo a hipertensão e evitando as complicações relacionadas. Separamos alguns desses alimentos para você mudar a lista do supermercado e garantir mais qualidade de vida de hoje em diante:

O que reduzir na alimentação…

Sal. Contém sódio, um mineral importante para equilibrar os líquidos do corpo. O consumo em excesso pode contribuir para o aumento da pressão arterial. Por isso, adicione o mínimo possível no preparo dos alimentos, mantendo o consumo aos valores recomendados (5 g por dia).

Bebidas alcoólicas. Já se sabe que a ingestão de álcool está relacionada ao aumento da pressão. Se você não dispensa esse hábito, o recomendado pelos especialistas é apenas uma dose por dia para as mulheres, e duas doses para os homens.

…E o que acrescentar na dieta

Frutas, vegetais de folhas e leguminosas (feijões, lentilha, soja, grão de bico), castanhas e grãos integrais. Esses alimentos podem ajudar no controle da pressão, já que são ricos em potássio, magnésio e fibras. Todos esses nutrientes, quando consumidos habitualmente, são relacionados à prevenção da hipertensão.

Azeite de oliva, castanhas e sementes. São ricos em gorduras monoinsaturadas, que contribuem para a redução da pressão arterial e também protegem o coração.

Agora é só prestar atenção na hora do supermercado, e também no preparo das refeições. Com os cuidados acima, fica mais fácil se proteger dos perigos da pressão alta.