Há diversos tipos de pães no mercado, com variados formatos, sabores e ingredientes. Porém, eles se diferenciam quando se acrescentam à receita outros alimentos, como castanhas, sementes e grãos.

O pão integral, com a presença de farinha de trigo integral, grãos integrais, oleaginosas e sementes, quando comparado a um pão simples (à base de farinha de trigo branca) apresenta maior variedade e quantidade de nutrientes, como as fibras, as vitaminas do complexo B, e os minerais. Ele também contribui para uma maior sensação de saciedade, colaborando com um melhor gerenciamento do peso de quem o consome, e apresenta menor índice glicêmico, ou seja, promove menor aumento do “açúcar” no sangue, fator relevante para contribuir com a prevenção e tratamento da diabetes.

Além de gostosos, os pães especiais são nutritivos. Sua inclusão na dieta ajuda na composição de uma alimentação equilibrada, já que além do carboidrato vindo do pão, há o consumo de alimentos de outros grupos essenciais. Conheça uma das linhas de pães especiais da Wickbold aqui.

Fontes: I. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica.  Guia alimentar para a população brasileira / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção. 2014; II. Whole Grains Council. Disponível em: http://wholegrainscouncil.org/