“A arte do Pilates prova que a sua idade não é medida em anos, ou como você acha que você se sente, mas sim pela flexibilidade normal da sua coluna ao longo da sua vida.’’   

    J H PILATES

O Pilates é um método de exercício físico e alongamento que utiliza o peso do próprio corpo na sua execução. É uma técnica de reeducação do movimento que visa trabalhar o corpo todo, trazendo equilíbrio muscular e mental.

Ele trabalha vários grupos musculares ao mesmo tempo, através de movimentos suaves e contínuos, com ênfase na concentração, no fortalecimento e na estabilização dos músculos centrais do corpo (abdômen, coluna e pelve). Todo o método está baseado em seis princípios: o centro de força (core), a concentração, o controle, a fluidez de movimento, a precisão e a respiração. Os exercícios podem ser feitos no solo, com o auxílio de acessórios, ou em equipamentos.

Seu criador, Joseph Hubertus Pilates, tinha uma saúde muito frágil e, por isso, dedicou sua vida a melhorar sua saúde e força. Seu trabalho foi reconhecido em 1918, quando ocorreu uma epidemia de Influenza, dizimando milhares de Ingleses, mas nenhum dos internos enfermos sob seu treinamento foi infectado. Em 1926 ele foi para os Estados Unidos e fundou seu primeiro estúdio, em Nova Iorque, atraindo imediatamente a atenção de bailarinos famosos da época.

São inúmeros os benefícios do Pilates, entre eles: alongamento, tonificação e definição da musculatura, melhora da postura, prevenção e recuperação de lesões, melhora da respiração e da circulação sanguínea, aumento da coordenação e do equilíbrio e melhora da mobilidade e da agilidade.

Não há restrições para a prática do método, com exceção de questões médicas individuais. Todos os exercícios são desenvolvidos com modificações que podem fazer um treino seguro e estimulante para uma pessoa de qualquer nível e com qualquer patologia.

Entenda os benefícios específicos para:

Crianças a partir dos 6 anos: praticam exercícios lúdicos e desafiadores, que auxiliam na educação do movimento.

Gestantes: os benefícios são estendidos para mulheres que pretendem engravidar e às que estão se recuperando de um parto. Eles vão desde o ganho de tônus muscular na coluna e membros e postura pré-gravidez, como no assoalho pélvico que irá receber toda a sobrecarga da barriga e órgãos internos, até o ganho de estabilidade e equilíbrio durante todas as mudanças no centro de gravidade que ocorrem durante os nove meses.

Homens: costumam ser menos flexíveis que as mulheres devido à sua genética. Muitos homens apreciam esta técnica por trabalhar muito o alongamento, além da força.

Pacientes em reabilitação: reabilitar-se de alguma dor ou lesão geralmente exige paciência e dedicação. Inúmeras patologias só são resolvidas quando associadas a exercícios de estabilidade, como as dores lombares e cervicais.

Idosos: beneficiam-se por ser uma atividade sem impactos fortes, controlada, que permite a graduação das molas para a ajuda na execução, ou para dar resistência aos movimentos.

O Pilates é uma excelente opção para a família toda. Que tal praticar com seus filhos, seu marido ou seus pais? Ele une diferentes gerações no cuidado com a saúde. Veja outras sugestões para se cuidar em família aqui.

Fonte: Cinthya Sousa Gomes, fisioterapeuta especializada em Pilates e instrutora do método há 8 anos. CREFITO: 91270-F.