Levar as crianças para a cozinha é uma das maneiras mais práticas para fazer os pequenos se interessarem por uma alimentação mais saudável. Nos já discutimos sobre como você pode fazer isso em casa, mas também é possível realizar essa tarefa com a ajuda de cursos especializados em entreter a criançada entre ingredientes e receitas. E o melhor: na companhia dos pais, para a diversão completa da família!

Abaixo, vamos listar três opções de escolas para você deixar as crianças se divertirem ou entrar na brincadeira e aprender com eles:

Caçarola

Local: São Paulo (SP)

Site: www.minhacacarola.com.br

Consultoria móvel com diferentes atividades para pais e filhos. É o caso do workshop Alimente Minha Família, que busca formas inteligentes de melhorar a rotina da casa na cozinha. Já o núcleo Aprender visa levar o conhecimento absorvido na escola para o universo da culinária. Matérias como matemática, ciência, geografia e cultura se misturam as bases e conceitos gastronômicos para dar um amplo ensinamento às crianças. A Caçarola ainda oferece programas de férias, que levam os pequenos em feiras e supermercados, convidam pais para degustarem os pratos da criançada.

 

IGA – Instituto Gastronômico

Local: MG, SP, RJ, GO, PR, SC e ES

Site: www.igabrasil.com

 

Com unidades em sete estados, o IGA é um instituto gastronômico que também possui aulas voltadas aos pequenos. Com o nome de Cozinheirinhos, o projeto visa introduzir crianças ao mundo da cozinha. Com duração de oito meses, o curso pretende ensinar os valores fundamentais da culinária, além da preparação de pratos e sobremesas dignas de grandes chefs. Eles também aprendem o uso de utensílios, técnicas de conservação e utilização de ingredientes – além de ter a criatividade estimulada.

 

Escola Wilma Kövesi de Cozinha

Local: São Paulo (SP)

Site: www.wkcozinha.com.br

 

A escola tem três cursos distintos para os pequenos: O Crianças & Panelas e Horta, como o nome diz, leva os participantes a origem dos alimentos. Isso é feito com ensinamentos de receitas verdes, plantio, arborização e visitas a berçários de ervas. Já o Adolescentes na Cozinha dá aulas de organização, limpeza, segurança e, claro, a preparação de pratos. Os jovens podem aprender a fazer arroz, frango com catupiry, saladas e até tortas de palmito. Sempre visando a autonomia na arte de cozinhar. Para os pais que desejarem colocar as mãos na massa junto dos filhos, a escola oferece o Crianças e Adultos na Cozinha, que leva toda a família a distribuir as tarefas na hora de preparar a comida. Imagine que legal preparar iscas de peixe empanadas do lado do filhão?

 

É bem mais fácil aprender com tantos programas divertidos! Agora é só escolher o que mais combina com as suas necessidades e buscar mais detalhes para manter a família unida até na hora de cozinhar!

 

Por Lucas Tavares