Muito tem se falado sobre os alimentos orgânicos, mas você sabe, de fato, o que são e qual a importância dos alimentos orgânicos? Confira a seguir:

De acordo com o MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) orgânicos são alimentos obtidos dentro de um sistema orgânico de produção agropecuária com técnicas específicas que respeitem os aspectos ambientais, sociais, culturais e econômicos, garantindo um sistema agropecuário sustentável, e que não utilize organismos geneticamente modificados nem químicos sintéticos. Resumindo, os alimentos orgânicos possuem essa definição por lei, assim, quando o alimento é orgânico o Ministério da Agricultura, responsável pela regulamentação, emite um selo atestando essa informação. 

Agora que você já sabe o que é, confira a seguir quais vantagens dos alimentos orgânicos:

MAIS SAÚDE: os alimentos orgânicos são livres de químicos, como agrotóxicos, fertilizantes, antibióticos e hormônios, por isso, podem evitar problemas causados pela ingestão desses produtos, como alergias e problemas respiratórios. 

ALIMENTOS MAIS SABOROSOS: por não serem utilizados produtos químicos, e devido aos métodos de cultivo, possuem uma concentração de água diferente dos convencionais, o que pode fazer com que tenham um sabor e aroma mais intensos. 

MENOR IMPACTO PARA O SOLO: as práticas de cultivo orgânico, como rotação de culturas, plantio consorciado e compostagem fazem com que a terra fique mais protegida, evitando a erosão do solo. O solo também fica livre de produtos químicos sintéticos que podem ser prejudiciais. Tudo isso faz com que o solo se mantenha rico em nutrientes, fértil e produtivo.

PROTEÇÃO DE ANIMAIS E INSETOS: o cultivo orgânico é livre de pesticidas, por isso, ajuda a preservar a vida de minhocas, besouros, abelhas e pássaros, animais e insetos muito importantes para o ecossistema. 

MENOR IMPACTO PARA A ÁGUA: nas plantações convencionais, existe o uso de agrotóxicos, que conseguem alcançar os lençóis freáticos e contaminam a água dos rios e dos lagos. Já no cultivo orgânico, isso não acontece. 

GARANTIA DE ORIGEM E RASTREABILIDADE: como já havíamos falado, os produtos orgânicos possuem um selo de certificação, esse selo garante que existe a fiscalização do produto desde a produção até a comercialização, o que é uma garantia para o consumidor.

MOVIMENTAÇÃO DA ECONOMIA LOCAL: a maior parte da produção de alimentos orgânicos é feita por pequenos produtores, o que incentiva e movimenta a economia local. 

Resumindo, a produção orgânica valoriza os seres humanos, animais, plantas, solos e meio ambiente, faz um melhor uso dos recursos naturais, incentiva a biodiversidade e desenvolvimento socioeconômico, com mais responsabilidades sociais e benefícios para todos.

Apesar de ter várias vantagens, atualmente, os produtos orgânicos costumam custar mais caro que os convencionais, o que dificulta uma alimentação 100% orgânica. Por isso, o ideal é dar preferência para compra de alguns alimentos que tem mais chances de absorverem agrotóxicos e substâncias químicas, como, por exemplo: morangos, pêssegos, pimentões, batatas, cenouras, etc. 

Agora que você já sabe as vantagens de uma alimentação orgânica. Que tal incluir mais alimentos orgânicos e saudáveis a sua rotina?

Referencias:

  1. ANDRADE, Bruna Nascimento; DE FREITAS PINHEIRO, Júlia; DE OLIVEIRA, Eline Messias. A importância da produção orgânica para a saúde humana e o meio ambiente. South American Journal of Basic Education, Technical and Technological, v. 4, n. 2, 2017.
  2. JOACHIM, Sauerborn et al. Review of history and recent development of organic farming worldwide. Agricultural sciences in China, v. 5, n. 3, p. 169-178, 2006.
  3. MAPA – Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Perguntas e respostas orgânicos. 2017. Disponível em:< https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/sustentabilidade/organicos/perguntas-e-respostas>. Acesso em: 26, mar 2021.
  4. Organis. O que é produto orgânico. 2020. Disponível em:<https://organis.org.br/o-que-e-produto-organico.pdf>. Acesso em: 26, mar 2021.
  5. SILVA, Daniela Aline; POLLI, Henrique Quero. A IMPORTÂNCIA DA AGRICULTURA ORGÂNICA PARA A SAÚDE E O MEIO AMBIENTE. Revista Interface Tecnológica, v. 17, n. 1, p. 505-516, 2020.
  6. WWF. Pecurária Orgânica. Disponível em:< https://www.wwf.org.br/natureza_brasileira/areas_prioritarias/pantanal/nossas_solucoes_no_pantanal/desenvolvimento_sustentavel_no_pantanal/pecuaria_sustentavel_no_pantanal/pecuaria_organica_no_pantanal/>. Acesso em: 20, mar 2021.