Com a agenda cheia de compromissos entre trabalho, estudos e cuidados com a família, muitas vezes é difícil manter uma alimentação saudável e completa todos os dias. Por conta disso, é comum encontrar pessoas que incluíram os suplementos vitamínicos na dieta. Eles ajudam a complementar os nutrientes que não conseguimos ingerir naturalmente, como os presentes em verduras e legumes. Mas você sabe quem realmente precisa dessas cápsulas?

Micronutrientes essenciais à saúde, as vitaminas não são produzidas pelo corpo. Elas devem ser consumidas por meio dos alimentos. Entre muitos benefícios, são importantes para o sistema de defesa do organismo, além de ajudar na formação de energia e na renovação das células. Tudo isso contribui na prevenção de doenças. As vitaminas encontradas nos alimentos são: A, complexo B, C, D, E e K.

Quem precisa dos suplementos vitamínicos?

Com a falta de tempo para refeições completas todos os dias, prejudicamos o consumo de carnes, leite, queijos, iogurtes, verduras, legumes, frutas e alimentos integrais. Após uma visita ao médico para comprovar a ausência de vitaminas no corpo, o uso dos suplementos é permitido para ajudar na manutenção da saúde.

Alguns grupos em situações especiais devem recorrer ao uso dos complementos vitamínicos. Os vegetarianos, por exemplo, devem ficar atentos com o consumo das vitaminas do complexo B. Elas são encontradas principalmente em alimentos de origem animal, como as carnes. Logo, as cápsulas ajudam a garantir esses nutrientes no organismo.

Qual a quantidade ideal para o consumo?

Existem limites diários recomendados para a ingestão das vitaminas. Por isso, é importante que o uso de suplementos seja orientado por um médico ou nutricionista. E, mais importante ainda, é essencial realizar refeições completas. Assim, as vitaminas chegam ao organismo de forma natural e prazerosa!