O consumo da cafeína pode levar ao vício? Ela pode ser utilizada no tratamento de doenças? E quanto aos benefícios para a saúde, eles existem? Se você não sabe responder as perguntas acima, fique tranquilo. O Sabor em Movimento traz a resposta para as questões mais comuns envolvendo essa substância tão polêmica. Depois de ler, você vai se sentir mais seguro na hora de escolher os alimentos e bebidas em que ela está presente!

A cafeína pode ser encontrada em grande quantidade nas sementes de café, nas folhas de chá verde, no cacau, no guaraná, nas sementes de cola e na erva-mate. Ela pode ser consumida em forma de medicamentos, suplementos e bebidas. Por ser uma substância lipossolúvel, aproximadamente 100% das quantidades ingeridas são absorvidas pelo organismo.

Confira as respostas para as dúvidas mais comuns envolvendo a cafeína:

O consumo da cafeína pode promover benefícios à saúde? Sim! Em doses adequadas (até 500 mg ao longo do dia, ou 3 xícaras de café de 150 ml), a cafeína reduz a sonolência, a apatia e a fadiga. Ela ainda favorece a atividade intelectual, aumentando a capacidade de atenção, concentração e memória. Estudos também provaram o poder antioxidante da substância, que auxilia no combate aos radicais livres e protege contra as doenças do coração.

Essa substância pode levar ao vício? Alguns estudos mostram que a ingestão regular de cafeína pode levar a dependência, porém somente em doses muito altas (como 5 xícaras de 150 ml de café por dia). Ou seja: nada de exageros!

Altas doses prejudicam a saúde? A cafeína estimula o sistema nervoso central. Isso pode ser perigoso com o consumo de doses diárias maiores que 600 mg (3 xícaras de café + 2 xícaras de chá verde + 1 refrigerante de cola + 1 barra de chocolate). Essa quantidade pode levar uma pessoa a ter insônia, arritmia, pressão alta, dores de cabeça, tontura e desidratação. Porém, a tolerância pode variar em cada pessoa.

A cafeína faz parte do tratamento de algumas doenças? A ciência já comprovou a ação estimulante, analgésica, diurética e antigripal dessa substância. Ela é usada como medicamento no tratamento de enxaquecas e da apneia do sono infantil, por exemplo.

Em resumo: se consumida em doses controladas, a cafeína pode ser uma grande aliada da saúde! Principalmente em relação às vantagens intelectuais. Mesmo assim, é preciso estar atento com doses exageradas da substância. Escolha bem as suas fontes para alcançar tantos benefícios!