A Wickbold inovou com o lançamento da linha de pães Grão Sabor 100% Integral, afinal são elaborados somente com farinha de trigo integral. Sendo assim, contam com os nutrientes dos grãos de trigo inteiro, como as fibras, as vitaminas do complexo B, e minerais como o fósforo, o magnésio, o cobre e o selênio.

Além da farinha integral, o pão tradicional também contém trigo em grãos, que oferecem vitaminas do complexo B, importantes para a geração de energia, e minerais participantes da saúde dos ossos, como o fósforo e o manganês. Além disso, este pão possui um baixo teor de gorduras saturadas. Pode ser consumido em um café da manhã nutritivo, junto com um suco de laranja e ovos mexidos com ervas secas, por exemplo.

O pão Freekeh e Noz-Pecã da Wickbold é a primeira opção no mercado com o freekeh, uma versão do trigo colhido ainda verde. Além das fibras provenientes da farinha integral, o freekeh também contribui com fibras, essenciais para o funcionamento do intestino e para a saciedade. A noz-pecã  por outro lado, tem as famosas gorduras boas, que protegem o coração. Também é fonte de mineirais, como o magnésio e o fósforo, além de ser rica em antioxidantes. Assim, seu sabor diferenciado pela presença da noz-pecã pode ser uma alternativa para um lanche da tarde em um sanduíche de queijo fresco e tomate, junto com chá gelado.

Já o sabor Girassol e Castanha apresenta estes dois ingredientes fontes de gorduras boas para o corpo: a semente de girassol e a castanha de caju. Além do sabor característico, também contribuem com o consumo de vitamina E, um importante antioxidante. Que tal cortá-lo em pedaços menores, assar e servir como uma bruschetta para o aperitivo?

Os três pães 100% Integral fazem parte da linha Grão Sabor, que foi elaborada pela Wickbold para fazer parte de uma alimentação equilibrada e saborosa. Além dos pães 100% Integral, a linha Grão Sabor oferece outras combinações diferenciadas, como Castanha-do-Pará e Quinoa, Chia e Macadâmia, Multigrãos, Canela e Passas, Amaranto e Linhaça, entre outras opções.

Referências bibliográficas

  1. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução – CNNPA nº 12, de 1978.
  2. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção. 2014
  3. USDA: U.S. Department of Agriculture, Agricultural Research Service. USDA National Nutrient Database for Standard Reference, Release 26. 2013.
  1. Whole Grain Council. Whole Grains: An Important Source of Essential Nutrients.