Light, Zero ou Diet? Os marinheiros de primeira viagem no universo da alimentação saudável costumam ter dúvidas para responder essa pergunta. Afinal, as prateleiras dos supermercados estão cheias de opções para quem deseja uma vida mais leve e com menos calorias no prato. Esse é o mistério que vamos desvendar hoje! Segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), esses produtos não recebem esses rótulos à toa. Abaixo, entenda cada um deles e veja qual é o mais indicado para você:

Light: Os alimentos recebem esse nome quando contam com nutrientes reduzidos em sua receita em comparação com o produto convencional. Essa diminuição deve aparecer em nutrientes energéticos, como carboidratos, proteínas e gorduras. Eles são indicados para quem está em uma dieta restritiva, e precisa diminuir o consumo de determinado nutriente ou número de calorias ingeridas durante o dia.

Diet: São alimentos isentos ou com baixíssima quantidade de açúcares, gorduras, sódio, proteínas e outros nutrientes destinados a pessoas com necessidades específicas. A Sociedade Brasileira de Diabetes avisa: Quem quer perder peso pode até consumir esses alimentos, mas com cuidado. Isso porque os produtos diet nem sempre são menos calóricos.

Zero: É um alimento com ausência de um determinado nutriente (açúcar, gordura, sódio, etc.). Um refrigerante zero, por exemplo, é aquele que não possui açúcares e conta com uma baixa quantidade de calorias. Ele é indicado tanto para pessoas com diabetes quanto para aqueles que desejam cortar o consumo de bebidas mais calóricas.

Entendeu a diferença? Agora é só correr para o supermercado e escolher os alimentos mais indicados para seus objetivos alimentares!

Por Marina Oliveira